DESAFIOS PARA O FUTEBOL FEMININO VOLTAR A BRILHAR

Rômulo Meira Reis, Laís Vieira Patrício

Resumo


Considerado o país do futebol, o Brasil possui destaque nacional e internacional com a modalidade. Contudo, na categoria feminina a seleção apesar de vencedora e vitrine de atletas consagradas como Cristiane e Marta (a rainha do futebol), em termos nacionais não consegue a mesma expressividade. Nesse contexto, reside a problemática proposta por este artigo: Quais são os desafios a serem superados para que o futebol feminino possa bilhar em termos nacionais? Para responder a este questionamento usamos para coleta de dados a entrevista semiestruturada com um informante de elite que milita pelo futebol feminino há mais 30 anos e encontra-se em alto nível de gestão com a modalidade. Ponderamos os dados através da análise de conteúdo, que são confrontados com a literatura. Os resultados mostram como principais motivos: ausência do trabalho de base para as mulheres visando formar atletas de forma cíclica, como ocorre com o masculino; falta de profissionais qualificados para trabalhar com o futebol feminino; falta de interesse, investimentos e descaso dos clubes brasileiros; e preconceito. Como considerações finais indicamos que seria adequado desenvolver um planejamento estratégico para estruturar o futebol feminino da base ao profissional, fortalecendo o conjunto do esporte atingindo consequentemente a seleção principal no futuro.  


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário ';



Direitos autorais 2020 Rômulo Meira Reis, Laís Vieira Patrício

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia