INICIAÇÃO ESPORTIVA: BASE PARA DIVERSIDADE E COMPLEXIDADE DO DESENVOLVIMENTO MOTOR

Fabiangelo Moura Carlos, Wendell Costa Bila, Cezenário Gonçalves Campos, Rodolfo Novelino Benda

Resumo


Esta revisão de literatura discute os fatores e aspectos que influenciam o desenvovimnto motor de forma a justificar a iniciação esportiva como base para diversidade e complexidade do desenvolvimento motor. Atendendo o desenvolvimento de forma global das crianças que iniciam no esporte, apresenta conceitos e propostas de estudiosos da área que discutem diferentes visões da criança no esporte e como elas podem alcançar seu desenvolvimento ótimo respeitando suas individualidades e limitações; abordou a diversidade e complexidade que o esporte em se tratando de iniciação esportiva, deve proporcionar ao praticante, melhorando com o tempo e com a prática adequada a qualidade dos movimentos e assim também seu repertório motor; expôs temas polêmicos no meio esportivo, como a iniciação precoce, colocando como este tipo de vivencia pode ser prejudicial a criança e em seu futuro não só como esportista, mas em seu desenvolvimento como um todo; mostrou como a iniciação esportiva deve ser realizada, demonstrando diferentes métodos onde se proporcionam realmente, de acordo com a idade, um desenvolvimento motor pautado nas caracterísiticas das crianças e de seu nível fisiopscicosocial, visando o aprimoramento das habilidade básicas para um futuro aprimoramento do gesto técnico minimizando assim aspectos como a especialização precoci e o "drop out"; abordou a proposta da Iniciação Esportiva Universal de Greco e Benda (1998) e também, a Escola da Bola de Roth e Kroger (2002) como norteadores desse estudo, sendo os trabalhos mais adequados para a proposta de iniciação esportiva realmente coerente com nossa realidade esportiva; dessa forma buscou com essa revisão de literatura proporcionar informações importantes para os educadores físicos, pautado em informações atuais e confiávies para direcionar seu trabalho, para assim explorar com a crianças o melhor desenvolvimento motor possível, sem nenhum prejuízo para o praticante.

Palavras Chave: Aprendizagem motora. Capacidade Motora.


Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BENDA, Rodolfo Novellino; GRECO, Pablo Juan. Aprendizagem e desenvolvimento motor. In: SILVA, C.I.; COLTO, A.C.P . Manual do treinador de natação. Belo Horizonte: Edições FAN, p. 17- 23, 1999.

BENDA, Rodolfo Novellino; GRECO, Pablo Juan. Iniciação Esportiva Universal: da aprendizagem motora ao treinamento técnico. Belo Horizonte: Ed. UFMG, p. 14-76, 2001.

GRECO, P. J. I.D.U. Fase central do sistema de formação e treinamento desportivo. In: GRECO, P. J.; SAMULSKI, D.M.; CARAN JÚNIOR, E. Temas atuais em Educação Física e Esportes,1. Belo Horizonte: Health, p.13-32, 1997. .

MANOEL, E.J. O que é ser criança? Algumas contribuições de uma visão dinâmica do desenvolvimento motor. In. KREBS, R.J.; COPETTIF, F.; BELTRAME, T.S. Discutindo o desenvolvimento infantil. Santa Maria: Palloti, p. 111- 121, 1998.

ROTH, K. & KROEBER, C. Escola da Bola: Um ABC para iniciantes nos jogos Esportivos. São Paulo: Phorte Editora, p. 10 – 28, 2002. (Trad. Pablo Juan Greco)

TANI, G.: implicações da iniciação esportiva precoce. In. KREBS, R.J.; COPETI, F.; ROSO, M. R.; KROEFF, M.S.; SOUZA, P.H. Desenvolvimento Infantil em contexto. Florianópolis : UDESC, p.101 – 113, 2001.

VILANI, Luiz Henrique Porto. A sistematização do processo de Ensino-Aprendizagem- Treinamento dos fundamentos técnicos dos esportes de raquete: uma proposta de Iniciação Esportiva para o tênis, tênis de mesa, badminton e squah. Belo Horizonte: Escola de Educação Física – UFMG, p. 13- 169, 1998.

WEINECK, J. Manual de treinamento esportivo. São Paulo: Manole, p. 31, 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia